Telefones: Goiás (62) 3212.8590 | Tocantins (63) 3213.2234

noticia nov 2017A ação de indenização por danos morais de n° 0003503-38.2017.4.01.3502 movida por um profissional Técnico em Radiologia em desfavor do Conselho Regional de Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia da 9ª Região obteve no dia 29 de novembro de 2017 sentença julgando improcedente o pedido de indenização feito pelo autor.

Em síntese, o autor declara que está sendo executado no processo nº 1179-96.2017.4.01.3502 referente a anuidades dos anos de 2012 (dois mil e doze) a 2015 (dois mil e quinze). A ação de indenização em questão foi proposta com a alegação do autor de que as anuidades cobradas a partir do ano de 2007 (dois mil e sete) não seriam devidas, uma vez que, estava aposentado desde o ano de 2000 (dois mil) e parou (efetivamente) de exercer a profissão em 2007 (dois mil e sete), por este motivo deveria o Conselho lhe indenizar no valor de R$ 56.220,00 (cinquenta e seis mil, duzentos e vinte reais).

O entendimento adotado pelo juízo da 2ª Vara e Juizado Especial Federal adjunto Cível e Criminal da Seção Judiciária do Estado de Goiás – Subseção de Anápolis foi o de que a pretensão não merece guarida, uma vez que, o autor está aposentado desde 2000 (dois mil), mas continuou trabalhando até 2007 (dois mil e sete), segundo alega. Tais fatos não dão sustentabilidade à sua tese, pois se deixou de exercer a profissão em 2007 (dois mil e sete), deveria ter providenciado a baixa de seu registro junto ao Conselho de Classe.

O registro profissional do autor está ativo, desse modo, comprovado que as cobranças das anuidades são legais.

Por fim o Juiz Federal Alaôr Piacini diz que mesmo que a ação de execução nº 1179-69.2017.4.01.3502 seja extinta, não dá base fatídica ou legal a pretensão de indenização por danos morais.

Assim, em virtude dos fatos, o pedido foi julgado improcedente, com resolução de mérito, nos termos do Art. 487, I, do CPC.

Clique para Download - Sentença na Integra

Goiânia, Goiás: Av. Oeste N 83, Qd. 35 A, Lt. 31 - Setor Aeroporto. CEP: 74.075-110.
Fone: (62) 3212.8590 - Recepção / (62) 3093.2564 - Financeiro
Horário de funcionamento: Segunda a Sexta: 08:00 - 11:00 e 13:00 - 18:00  - (das 11:00 - 13:00 o Conselho estará fechado)

Palmas, Tocantins: Quadra 104 Norte, Rua NE 03, Conjunto 2, Lote 15 A, Sala 2 - Edifício Esther Matos (Galeria Victoria). CEP: 77.006-018
Telefone: (63) 3213.2234
Horário de funcionamento: 7h30 a 13h30

Top of Page